top of page

10 piores formas de tentar economizar com o carro



Quem tem um automóvel sabe que nem sempre é possível economizar. Isso porque algumas formas de tentar economizar com o carro não trazem, realmente, menores custos.


Além disso, algumas coisas que parecem mais baratas podem sair caras depois.


1 – Apenas manutenção corretiva

Carros com mais de três anos de uso, por exemplo, e que já passaram da garantia de fábrica precisam de manutenção preventiva regular.


Portanto, não tente economizar com o carro recorrendo à manutenção apenas quando algum problema já está evidente. Isso porque quando o veículo dá sinal indica que o estrago já pode ser bem maior do que pensamos.


A manutenção preventiva de carros seminovos deve ser feita a cada 10 mil. Já aqueles com mais de oito anos, a cada 5 mil km.


2 – Revisão fora da concessionária para tentar economizar com o carro

Mais uma das piores formas de tentar economizar com o carro, em especial, para quem adquiriu um 0 km, recomendam-se revisões obrigatórias nas concessionárias, a fim de não perder a garantia de fábrica.


Em geral, estas revisões devem ser feitas a cada 10 mil km e os preços costumam se fixos.

Portanto, dentro da garantia, não economize com a revisão levando o carro em lugares não credenciados, o que você irá economizar pode sair caro depois.


3 – Óleo

Os lubrificantes que são indicados pelo fabricante do carro devem ser aqueles escolhidos. Assim, nada de tentar economizar com o carro trocando óleo recomendado por similares mais baratos. Usar lubrificantes não indicados costuma danificar o bom desempenho do motor.


Isso porque pode aumentar o atrito entre as componentes, afetando o rendimento do motor e aumentando o consumo de combustível.


4 – Uso de peças recondicionadas

Outra forma de tentar economizar com o carro, bastante comum entre os proprietários. Trata-se de uma alternativa barata, porém, que costuma trazer grandes problemas depois.


É preciso muito critério no uso de peças reaproveitadas. Por exemplo, não recorra a esta prática no caso de sistemas de freios, direção e suspensão, além de pneus.


5 – Componentes e acessórios não originais para tentar economizar com o carro

Recomendam-se sempre componentes e acessórios originais. E, se o seu carro estiver na garantia e você quiser economizar com peças não originais, corre até o risco de perder a cobertura de fábrica.


Isso porque nem sempre é possível conhecer a procedência de itens não originais e nem se é exatamente compatível com o carro – o que pode trazer grandes estragos e prejuízos.


6 – Pneus reaproveitados

Por exemplo, não é raro recorrer à recauchutagem e remontagem dos pneus, a fim de economizar com o carro. No entanto, tais alternativas podem colocar o funcionamento do auto em risco, além da segurança do condutor e dos passageiros.


Além disso, pneus recauchutados ou remondados também têm vida útil curta. Assim, você terá de trocar com mais frequência do que se optar por pneus novos. Então, é uma falsa forma de economizar.


7 – Combustíveis muito abaixo do preço de mercado para economizar com carro

Atenção aos postos que cobram muito menos do que o mercado pelo litro de combustível. Com a exceção de promoções esporádicas, você corre o risco de abastecer o seu carro com “combustível batizado”, comprometendo todo o veículo.


8 – Rodas desamassadas

Consertar constantemente rodas de aço desamassando-as não é a melhor forma de economizar com o carro. O melhor é sempre substituir por peças novas.


Isso porque as rodas continuarão danificadas e podem até partir com altas velocidades e causar acidentes graves.


9 – Mentir para tentar reduzir o valor do seguro

Mais uma das piores formas de tentar economizar com o carro. Não forneça dados irreais seus ou do veículo para baratear a apólice.


Saiba que as companhias de seguros possuem mecanismos que permitem avaliar o uso do automóvel. E ao comprovarem dados que não correspondem à verdade podem fazer com que o seguro, por exemplo, se negue a pagar casos de sinistro.


Se o seu filho que acabou de tirar a habilitação também uso o carro, não deixe de informar. A apólice pode encarecer, mas você não corre o risco de ter problemas com pagamentos, caso precise acionar o seguro, certo?


10 – Dirigir em ponto morto não faz economizar com o carro!

Por fim, um dos maiores mitos para economizar combustível. Além disso, dirigir em ponto morto faz com que você não possa usar o freio.


O carro fica instável e isso eleva o consumo do combustível e não reduz, ao contrário do que muita gente ainda imagina.


Passou da garantia da concessionária?


Traga seu carro na High Clean pois, além dos serviços de estética, também fazemos a revisão do veículo.


Loja Brooklin: Rua Nicolau Barreto,22 – SP Loja Cidade Jardim: Av Alcides Sangirardi, 82 – SP

Tel. (11) 2639-2922 | WhatsApp (11) 93323-2233

Seu carro merece os cuidados High Clean!


31 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page