Buscar
  • High Clean

Mulheres mais influentes do mundo automotivo.

Atualmente as mulheres ainda sofrem muito preconceito no mundo automotivo. Entretanto, desde 1888 elas vem fazendo história e conquistando espaço nesse segmento dominado por homens. 


Bertha Benz


Foi a primeira mulher a fazer uma viagem de longa distância dirigindo um carro. Em 1888, aos 39 anos, a alemã percorreu cerca de 104 quilômetros. Mas a viagem teve um motivo especial: O objetivo era encorajar o marido Karl Benz a continuar seus trabalhos envolvendo a criação de automóveis. E a estratégia deu certo.




Duquesa d’Uzès


Em 1898, na França, a Duquesa Anne d’Uzés foi a primeira mulher do mundo a a tirar uma CNH. A duquesa inspirou outras mulheres pelo mundo todo pelo seu feito. Porém, essa não foi a sua única proeza. Ela também se tornou a primeira mulher do mundo a ser multada por excesso de velocidade. 



Helene Rother

Helene Rother mostrou que as mulheres podiam e deveriam estar na indústria automotiva. Helena foi a primeira mulher a se tornar designer de automóveis em uma grande montadora, a General Motors, em 1943. Ela foi responsável por abrir as portas das montadoras para outras mulheres, já que na época era raridade ter mulheres em cargos importantes em empresas do ramo.



Mary Anderson


Mary Anderson foi a criadora de um dos itens mais úteis dos automóveis: o limpador de para-brisa. A norte-americana, em 1903, notou que os motoristas precisavam abrir as janelas sempre que chovia. A solução foi um braço com uma ponta de borracha que se tornou o limpador de para-brisa. A invenção dela é equipamento obrigatório nos veículos nos EUA desde 1916.



Madame Camille Du Gast


A primeira mulher piloto da história é francesa e se chama Madame Camille Du Gast. Ela correu um rali, percorrendo 1.105 quilômetros entre as cidades de Paris e Berlim, em 1901. E o desempenho foi incrível. Depois de largar em 122º lugar, ela terminou a prova em 33º lugar e na classificação geral em 19º em sua categoria. A prova durou nada menos que 25 horas.



Maria Teresa de Filippis


Ainda no mundo das corridas, a italiana Maria Teresa de Filippis tornou-se a primeira mulher a participar da Fórmula 1.  Ela se inscreveu em cinco corridas entre 1958 e 1959 e chegou a conquistar a 10ª colocação.





Danica Patrick


Dando um salto do passado e vindo para os dias atuais. Ela é piloto da Nascar e é considerada a mulher mais bem-sucedida do automobilismo. Danica é norte-americana e carrega consigo o feito de ser a primeira mulher a conquistar a pole position. A primeira posição no grid de largada – na Nascar.




Mary Barra


Mary Barra é a primeira mulher do mundo a se tornar presidente de uma grande montadora. Desde de 2014, Mary Barra é CEO Global da General Motors (Chevrolet). Mas a história dessa norte-americana começou ainda antes. Ela trabalha na GM desde os 18 anos, e já passou por vários cargos, incluindo Vice-Presidente Executiva de Desenvolvimento de Produto, Compras e Cadeia de Suprimentos. 


[Fonte: Jornal do Consórcio]


A High Clean homenageia todas as mulheres apaixonadas por seus carros!

52 visualizações0 comentário